quinta-feira, 4 de agosto de 2011

A Queda do PIN (Gran Finale)

Por Marcelo Lettieri




Foi mesmo uma grande (E FELIZ!) coincidência que, no dia seguinte após escrevermos aqui no Contraponto sobre a inconveniência das restrições pela área de Segurança da Informação da RFB ao livre acesso às redes sociais, estas restrições tenham sido retiradas.

A Receita Federal que já foi referência mundial no uso pioneiro de ferramentas de informática, com emissão de certidões eletrônicas, entrega das Declarações do Imposto de Renda pela Internet, Dossiês Eletrônicos da PJ e Visão Integrada do Contribuinte PF, parecia acomodar-se a uma "leseeeeira" no que se refere aos novos avanços tecnológicos.

Enquanto a Administração Tributária gasta com reuniões caras e geradoras de transtornos recursos que poderiam ir para áreas carentes como a aduana, qualquer grupo de adolescentes promove teleconferências pelo Skype sem gastar um níquel. A retrógrada legislação do Sigilo Fiscal tem levado nossas bases de dados a obsolescência pelo desuso, enquanto grandes coorporações preparam-se para o domínio da informação absoluta.

Parece que a RFB começa a despertar para o novo mundo da informação. Informação tem que fluir ou retrocede à condição de mero dado. O SRF anunciou há poucos dias um novo programa de comunicação. Ainda é cedo para avaliá-lo, mas esperamos que a liberação do acesso às redes sociais na RFB não tenha sido um mero efeito colateral deste programa.


Veja Também:   MEU PIN CAIU Parte III (Paraíso)
                        MEU PIN CAIU Parte II (Purgatório)
                        MEU PIN CAIU (Intermezzo)
                        MEU PIN CAIU Parte I (Inferno)

Um comentário:

  1. ZAELITE DANTAS TEIXEIRA5 de agosto de 2011 05:26

    INTERESSANTE ESTE ARTIGO..."GRANDE E (FELIZ!) COINCIDÊNCIA" ESTE BLOG ESTÁ BOMBANDO!!! UM ABRAÇO A TODOS OS COLABORADORES...CONTINUEM!!!
    ZAZÁ

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem acolhido e será sempre publicado se não contiver conteúdo ilegal.