domingo, 11 de setembro de 2011

CARTA ABERTA AOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

por Roswilcio José Moreira Góis
O Aposentado de hoje é aquele que dedicou sua vida em atuar pelo bem daqueles que, como ele próprio, se dedicam a um serviço contínuo em prol do bem estar daqueles que lhes dão próximos e da sociedade. São, no mínimo 35 anos de acúmulo de experiências na vivência da prestação dos serviços que lhe são atribuídos pela Constituição, e por outras Leis. Presumivelmente, atuam com amor pelo bem estar do seu semelhante. Por isso conquistaram o direito a um respeito mútuo de todos aqueles que, também aposentados, ou ainda ativos, se dedicam aos mesmos mistérios de aprender a servir e servir cada vez mais e melhor aos seus semelhantes.

O Ativo de hoje é o aposentado do amanhã. É essa esperança que almeja. É o prêmio que merece. E para isso dedica a sua vida, o seu tempo e sua disponibilidade na esperança da conquista desse destino. Durante todo o seu trabalho ele está apreendendo e servindo, está adquirindo experiência , está se renovando, inovando e disto tudo se beneficia toda a sociedade. As regras que garantem a aposentadoria estão estabelecidas por normas constitucionais.

As Pensionistas herdam os direitos, deveres e obrigações que lhe foram outorgados pelo cônjuge e ganham, agora sozinhas, as vezes sem o devido preparo, as responsabilidades de assistência à família, da saúde e educação de filhos para a continuidade da construção social.

Assim é que as gerações progridem e evoluem. Assim caminha a humanidade renovando-se, ressurgindo-se em um novo saber. Assim o conhecimento se aperfeiçoa e o Universo é renovado no Amor. Compare-se o saber do homem de hoje com aquele de algum tempo atrás: de ontem, do século 16 de nossa Era, dos tempos anteriores à vinda de Jesus. A transformação é miraculosa e ultimamente tem crescido em progressão geométrica ou exponencialmente.

A palavra chave do progresso humano é ADAPTABILIDADE. Ou o homem se adapta ao meio em que vive, ou sucumbe, mas pode e deve modificá-la para melhor.

Dessa forma penso e encaro a forma de contribuir para a formação da sociedade brasileira. É por está razão que embora aposentado há mais de 30 anos, continuo, sem interrupção, ainda estudando, aprendendo, servindo, ensinando e contribuindo para o bem de toda à nossa categoria, amando aos colegas, amigos, companheiros de vida. Do alto dos meus 87 anos cronológicos a minha visão ganhou mais acuidade em função da dedicação ao aprendizado constante para servir melhor.

Agora, mais um desafio é por mim aceito: Convidado para concorrer ao cargo de Diretor de Assuntos de Aposentadoria Pensões da Diretoria Executiva Nacional – DEN, no mandato 2011/2013 pela Chapa “Transparência e Ação” presidida pelo colega Marcelo LETTIÈRE, do Ceará, não tive a menor dúvida em aceitar essa nova responsabilidade. Quero adquirir novas e melhores condições de servir, tentando, em companhia de colegas tão brilhantes, compartilhar as suas responsabilidades agindo com a transparência que sempre caracterizou as minhas ações, em prol da nossa categoria e para o bem estar social da Sociedade Brasileira.

Os Aposentados e Pensionistas apesar de sua dedicação efetiva aos interesses do Estado e para o bem estar social parece não haver qualquer apreço por parte do Governo e assim tem sofrido na pele, restrição de direitos constitucionais, antes até chamados de cláusulas pétreas, como a redução dos seus proventos pela criação do desconto de contribuições previdenciárias, pela redução dos valores das pensões e tantos outros males que devem ser sanados, razão porque assumiremos a defesa intransigente para assegurar-lhes o retorno dos direitos retirados. Esta é a luta à qual nos dedicaremos com todas as nossas forças durante nosso mandato.

Que os colegas me ajudem a poder fazê-lo. Peço a todos que me permitam, com seu voto, cumprir o desideratum a que me proponho, em conjunto com aqueles que componhem a chapa “Transparência e Ação” e invoco a Presença Divina para que só a Vontade de nosso Pai se manifeste para o bem de todos. Muitíssimo obrigado pela confiança que nos for concedida.

2 comentários:

  1. Acho que devemos, na nossa campanha, remeter esta carta do Colega Roswilcio a para os aposentados e também para os ativos.

    Giovaldo.

    ResponderExcluir
  2. ZAELITE DANTAS TEIXEIRA12 de setembro de 2011 10:56

    COM CERTEZA!!! A CARTA ESTÁ MUITO BEM REDIGIDA E ESCLARECEDORA!!! PARABÉNS! COLEGA ROSWILCIO! CONTE COMO O MEU APOIO!!! ESTA CARTA MERECE SER AMPLAMENTE DIVULGADA!
    UM ABRAÇO E VITÓRIA PARA TODA A CATEGORIA NOS DIAS 09 E 1O DE NOVEMBRO! VOTANDO NA CHAPA 2 - TRANSPARÊNCIA E AÇÃO!!! A CATEGORIA FORTE MERECE SINDICATO FORTE!!!
    ZAZÁ

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem acolhido e será sempre publicado se não contiver conteúdo ilegal.